19.4.10

5.2.10

ELEIÇÕES 2010



VITÓRIA ACIMA DE TUDO

PMN terá candidatura própria em MS?!!!

O Partido da Mobilização Nacional de Mato Grosso do Sul vem trabalhando seus filiados e dirigentes estaduais e municipais na construção de uma agremiação unida e voltada a um só objetivo: “CONQUISTAR VOTOS PARA SUPERAR A CLAUSULA DE BARREIRAS”, e para tanto o melhor caminho é o alinhamento com a Executiva Nacional cumprindo suas determinações.
Em MS, temos a grata satisfação de termos como filiada a surpresa das eleições de 2008, IARA COSTA, que mostrou em Campo Grande que é possível fazer voto mesmo sem dispor de recursos financeiros, usando bem apenas o pouco que tinha. Questionada sobre as eleições de 2010, Iara Costa coloca seu nome a disposição do partido e se for necessário ela aceita ser candidata ao governo do estado.
Nas últimas pesquisas publicadas nos meios de comunicação, o PMN sempre aparece entre os três partidos com possibilidades de ter candidatura própria ao governo, e o nome da Iara Costa é sempre muito citado, ou seja, é o reflexo do trabalho do PMN na eleição de 2008 em Campo Grande.
Para completar as chapas nas eleições, o presidente estadual do PMN – Adalton Garcia - elencou alguns nomes que se apresentam como pré candidatos: “ por exemplo ao senado existe a possibilidade de lançarmos o ex candidato, que nas eleições de 2002 fez cerca de 70 mil votos pra senador, Ubirajara Martins. Para chapa de federal temos o nome do ex deputado federal em dois mandatos Pedro Pedrossian Filho, que na última eleição conquistou em torno de 50 mil votos e Prof. Midon, e para a chapa de deputado estadual o PMN de MS conta com um time muito organizado e forte, com nomes como ex vice prefeito de Ponta Porã Álvaro Soares, cel. Walmir dos Santos ex diretor do Hospital Regional, vereador Odair Bortoloti de Caarapó, Adair Martins ,Carlos Santos e Colombo que já foram candidatos a vereador nas eleições de 2008 em Campo Grande, Dr. Domingos Albaneze de Corumbá, Armando Vieira Borges de Cassilandia, Flavio Cury de Paranaíba, dona Maria Aparecida Pedrossian, vereador Marcelo Labegalini de Mundo Novo, Noyr Rondora em Miranda, Reginaldo de Aquidauana, Ramão da Van em Coxim, Thalita em Pedro Gomes e tantos outros.

assessoria de imprensa pmn
9955 2077

3.2.10

IARA COSTA: GOVERNO OU NÃO GOVERNO? EIS A QUESTÃO

VITÓRIA ACIMA DE TUDO VAMOS JUNTOS CONSTRUIR O PMN EM MATO GROSSO DO SUL!!!
E ESTANDO TUDO ALINHADO COM AS ORIENTAÇÕES DA EXECUTIVA NACIONAL DO PMN A
ESTADUAL CUMPRIRÁ AS DETERMINAÇÕES...

Adalton Garcia de Freitas

29.4.09

AMIGOS DA IARA COSTA EM MATO GROSSO DO SUL






VITÓRIA ACIMA DE TUDO

AMIGOS DA IARA COSTA EM MATO GROSSO DO SUL






VITÓRIA ACIMA DE TUDO

IARA COSTA

VITÓRIA ACIMA DE TUDO

VITÓRIA ACIMA DE TUDO

VISITAS>>> 16.783

VITÓRIA ACIMA DE TUDO

Iara Costa participará de entrevista sobre os 25 anos do PMN

VITÓRIA ACIMA DE TUDO

PMN apresenta proposta para o plano de governo visando eleições 2010

Visando a campanha eleitoral de 2010, o Partido da Mobilização Nacional, através da Fundação de Estudo Político Juscelino Kubistchek, irá apresentar, durante essa semana, suas propostas de governabilidade que estão inseridas dentro do Plano de Governo proposto pelo Partido. O trabalho de divulgação do plano de governo ficou a cargo da contabilista Iara Costa, que atualmente é a tesoureira e conselheira geral do partido no Estado de Mato Grosso do Sul.
Nesta manhã, Iara Costa esteve, juntamente com outras lideranças do partido, no programa do radialista e entrevistador Rui Pimentel. Ainda durante a manhã, Iara esteve na Câmara de Vereadores onde discursou como convidada do vereador Marcelo Bluma (PV e ex PMN), sobre os 25 anos de fundação do PMN.
Na semana passada, Iara Costa participou da Sessão Ordinária no Plenário da Assembléia Legislativa, momento em que realizou discurso do professor Oscar Noronha Filho, ex-deputado federal e atual Presidente Nacional do PMN.
Entre os feitos do partido, Iara lembrou que nas eleições de 2000 o PMN fez dois vereadores em Campo Grande e em 2002 a agremiação elegeu o Deputado Estadual e atual prefeito de Dourados, Ari Artuzi (PDT).

Feriado

Durante o feriado, os integrantes do PMN farão várias viagens e encontros políticos pelo interior do estado, passando por Aquidauana, Anastâcio, Dourados, Bonito, Naviraí e Caarapó. Todos os encontros têm por finalidade o crescimento e desenvolvimento do partido. Na próxima semana, os dirigentes estaduais do PMN deverão estar na Costa Leste do Estado, região do presidente estadual do partido, Adalton Garcia de Freitas.
Com o fortalecimento da agremiação, o PMN está atraindo ex-filiados, como é o caso de Ari Sandim, ex-presidente municipal do partido em Campo Grande. Sandim retorna ao PMN com o objetivo de trabalhar ainda mais pelo crescimento da legenda. Juntamente com ele vieram várias outras lideranças, como o presidente da Associação dos Ferroviários, Aposentados, Pensionistas e Idosos do Mato Grosso do Sul (AFAPEDI), Valdemir Vieira, o X; Danilo Todeschini; Marcinho Souza, Wellington Coelho e Amilton Vilagra. Nos próximos dias, outras lideranças, trazidas por Sandim, poderão filiar-se ao PMN, porém o partido prefere manter seus nomes ainda em sigilo para não atrapalhar as conversações.

Iara

VITÓRIA ACIMA DE TUDO

24.4.09

Iara Costa participa de encontro do PT em Campo Grande

Na manhã desta sexta-feira (24/04), a ex candidata a prefeitura de Campo Grande, a contabilista Iara Costa (PMN), esteve presente, na seda da CASSEMS, no encontro dos prefeitos e ex prefeitos do PT. Durante o intervalo a líder do PMN conversou por longo tempo com o atual deputado federal Vander Loubet – PT. O assunto: eleições de 2010.
Ficou acertado entre as lideranças um novo encontro para a próxima segunda-feira, onde, os dois partidos estão articulando uma estratégia para desenvolver várias atividades em conjunto visando o fortalecimento das duas legendas.
Iara Costa, que em 2008 ficou em terceiro lugar nas eleições de Campo Grande, conseguindo cerca de 4% (por cento) dos votos da capital, e marcou positivamente a eleição pela forma simples e objetiva que apresentou as propostas do partido nos programas eleitorais de rádio e televisão, tornou-se uma forte liderança do partido e vem sendo assediada por vários outros partidos, porém garante que não sai do PMN. “Nasci no PMN, foi este partido que me deu espaço para mostrar o meu trabalho. Por isso tenho uma divida de honra tanto com o partido quanto ao seu presidente estadual, Adalton Garcia, que tem guiado meus passos sabiamente”, declarou Iara Costa.
Atualmente o PMN tem nos quadros de filiados o ex-governador Pedro Pedrossian e seu filho o ex-deputado federal Pedrossian Filho, este último figura no cenário político como o nome forte do PMN para disputar o governo do Estado nas eleições de 2010.
Mas, estes não são os únicos reforços conquistados pelo partido, recentemente o PMN filiou o presidente da Associação dos Ferroviários, Aposentados, Pensionistas e Idosos do Mato Grosso do Sul, Valdemir Vieira, o “X”; o ex candidato a deputado estadual por Corumbá, o médico Domingos Albanezi, entre outros. A legenda abriu conversação também com o empresário e ex-candidato a prefeito de Ladário, Ruzo.
Neta noite, Iara Costa participa do fórum do PT, em Mato Grosso do Sul, que acontece na sede da Associação Campograndense de Professores ACP, em Campo Grande, aonde irá se encontrar com demais lideranças política do estado.



Iara Costa faz homenagem aos 25 anos de fundação do PMN

A ex-candidata a prefeitura de Campo Grande – MS, a contabilista Iara Costa – PMN fará, na próxima quinta-feira, discurso alusivo aos 25 anos de existência do Partido. O discurso será feito durante a seção ordinária na Assembleia Legislativa, e tem por finalidade ressaltar a trajetória do PMN e enaltecer a garra e a persistência dos lideres da agremiação para manter viva a participação do partido no sistema democrático nacional.
O discurso, escrito pelo ex-deputado federal e atual presidente nacional do PMN professor Oscar Noronha Filho, retrata a história e o projeto político do partido, que trabalha por um país mais justo e economicamente voltado a atender os desejos nacionalistas, “... Temos que construir não apenas um Brasil para os brasileiros, mas, os brasileiros para um Brasil,...” relata presidente nacional da legenda.
No dia 30 de abril Iara Costa também fará outro discurso na Câmara de Vereadores de Campo Grande, em homenagem ao partido. Cabe ressaltar que nas últimas eleições o PMN elegeu vários vereadores e também um deputado estadual em Mato Grosso do Sul.

21.4.09

Pedrossian Filho grava programa nacional no PMN

O Partido da Mobilização Nacional – PMN gravou neste final de semana o programa nacional de TV e rádio que vai ao ar no próximo dia 23 de abril em horário nobre do sistema de comunicação. Os pré-candidatos ao governo do estado e ao senado, Pedro Pedrossian Filho e Iara Costa participaram das gravações onde reafirmam a intenção do partido em caminhar sozinho nas eleições de 2010.
“É chegada a hora do PMN ocupar de direito e de fato o seu lugar na política de nosso estado, mostrado que somos uma agremiação diferente das outras, e ao contrário de tantas existentes nós temos um plano de governo para administramos o Mato Grosso do Sul”, declarou o presidente estadual da legenda, Adalton Garcia. “Nosso plano de governo é elaborado para fazermos um mandato renovador e imponente com obras grandiosas que vai gerar empregos e divisas aos investidores, de forma que mais indústrias se instalem e gerem maior riqueza ao povo e por conseqüência ao estado e ao país”, acrescentou Garcia.
Tanto Iara Costa como Pedro Pedrossian Filho reafirmaram que seus nomes estão à disposição do partido para concorrerem nas eleições de 2010. “Sou um soldado do PMN, onde o partido decidir que é melhor que eu esteja lá estarei. Meu nome e meu trabalho estão à disposição do meu partido e do povo sulmatogrossense”, ressaltou Iara não descartando a possibilidade de sair candidata ao governo do estado ou a um cargo federal.
O discurso de Pedrossian Filho não é diferente do de Iara. Segundo ele, sua vinda para o PMN foi motivada pela vontade de trabalhar pelo povo de Mato Grosso do Sul dentro de um partido sério e compromissado. “Estou no PMN, me sinto parte integrante desta família. Estou à disposição do meu partido e pronto para seguir os passos de meu pai, trabalhando por um estado e o tornando cada dia mais forte”, declarou Pedrossian Filho.
Hoje, o PMN é o único partido que assumiu de fato posição de oposição ao governo de André Puccinelli, visto que o PT ainda não decidiu se lançará candidato a governo ou se acompanhará o PMDB nas próximas eleições. “Enquanto os demais partidos estão aguardando o desfecho da novela PT e PMDB, o PMN já tomou sua posição e lançará candidato ao governo do estado. Nomes fortes são o que não nos falta”, disse Freitas referindo-se as grandes conquistas do PMN como por exemplo: Pedro Pedrossian Filho e do ex-governador e senador Pedro Pedrossian, ambos pré candidatos ao governo em 2010.

9.7.08

01 DEZEMBRO DE 2008


Executiva Estadual do PMN propõem candidatura própria para 2010

Na convenção nacional do PMN realizada no último final de semana em São Paulo – SP, no hotel Eldorado Boulevard, a idéia de candidatura própria foi defendida pelo presidente estadual da agremiação em Mato Grosso do Sul, Adalton Garcia de Freitas que na ocasião disse: “Temos que manter nossa identidade, acredito que a melhor forma do partido crescer e difundir seus propósitos é tendo candidato em todos os campos, porém, não podemos neste momento ser idiota de lançarmos candidatura a presidente da república, pois ficaríamos isolados por conta da verticalização”.
O partido pretende lançar chapa completa para deputado federal e estadual, sendo 36 estaduais onde 25 serão homens e 11 mulheres. Como em estados que nos quais o número mínimo de deputados federais é 8 a lei permite que os partidos lancem o dobro das cadeiras, ou seja, 16 candidatos divididos entre 11 homens e 5 mulheres.
Quanto à possibilidade de candidatura e chapa própria ao governo, o PMN pretende lançar Iara Costa para concorrer a governo do estado, podendo ainda lançar dois candidatos ao senado os quais seriam escolhidos na convenção do partido, mas, mantendo sempre a identidade partidária e chapa completa para deputados.


Adalton Garcia e Iara Costa na convenção nacional do PMN


09 NOVEMBRO DE 2008

Política - 10/11/2008 - 10:26
Dagoberto participa de encontro do PMN

http://www.capitalnews.com.br

No último sábado o Partido da Mobilização Nacional realizou seu IX Encontro Estadual, com a participação maciça de seus representantes municipais. Também houve a participação especial do deputado federal Dagoberto Nogueira que na ocasião usou da palavra e enalteceu o trabalho da candidata à prefeita por Campo Grande, Iara Costa “essa mulher é de fibra e de muita coragem, enfrentar uma eleição sem recursos, talvez tenha faltado um pouco dessa fibra pra eu enfrentar as eleições de 2008” disse ele.
Com grande participação política e discussão sobre o processo eleitoral desse ano, a agremiação decidiu desde já caminhar a largos passos rumo às eleições de 2010, compondo chapa completa de governador, senado, deputado federal e deputado estadual, partindo sem coligação.
“Temos a certeza que cumprimos com bravura nossa parte na democracia política de nosso Estado, quando disputamos as eleições de 2008, e agora gostamos do processo eleitoral, já estamos nos preparando para enfrentarmos a próxima disputa com a eleição de 2010” completou o presidente estadual Adalton Garcia de Freitas.
O nome mais citado para a disputa em 2010 ao governo do Estado foi o da contabilista Iara Costa, que nas eleições de 2008 conseguiu 4% (quatro por cento) dos votos da Capital, aproximadamente 16 mil votos, índice que a credibiliza a entrar na disputa e ajudar a decidir o futuro do estado de Mato Grosso do Sul, “temos que ter a grandeza de saber entender o momento em que vivemos e se for bom para o PMN eu serei sim candidata a governo do Estado”, declarou Iara Costa.
No final do IX Encontro Estadual ficou definida a base de trabalho para o próximo ano, bem como, as 10 coordenadorias a serem implantadas pelos novos presidentes e filiados do PMN. Na próxima semana haverá a Convenção Nacional do PMN a ser realizada em São Paulo, com a participação de todos os Estados da Federação. (Assessoria)




Fonte: Redação Capital News (www.capitalnews.com.br)
HOME - ÍNDICE DE NOTÍCIAS - ENVIAR POR EMAIL - IMPRIMIR


Campo Grande – MS, 06 de novembro de 2008.


PMN realiza “IX Encontro Estadual”

O Partido da Mobilização Nacional realizará neste sábado (08) de novembro o IX Encontro Estadual, com o principal objetivo de discutir o avanço político partidário que a sigla obteve nas eleições de 2008, na qual elegeu vários vereadores e a grata surpresa da candidatura em Campo Grande da contabilista Iara Costa que atingiu aproximadamente 4% dos votos válido da capital, ou seja, 15528 votos.
O evento será realizado na sede da FEB – (Associação de Veteranos), sito rua 13 de maio, 4101 esquina com a rua Amazonas próximo a Santa Casa, a partir das 08:30 horas. Os organizadores esperam cerca de 60 pessoas para o evento. O encontro também servirá para redistribuir as funções dentro da agremiação e a formação das dez micros coordenadorias regionais.


PMN vai concorrer ao Governo em 2010

O nome mais forte dentre os do partido é Iara Costa, que concorreu na eleição deste ano à prefeitura da capital conseguindo 15.528 votos aproximadamente 4% (quatro por cento) do total dos votos válidos de Campo Grande.
Segundo o presidente estadual da agremiação Adalton Garcia de Freitas, esta é mais uma orientação da Executiva Nacional que está buscando o fortalecimento da Instituição em todos os estados da federação, “temos que ter candidatura própria, caso contrário o partido não cresce, agora, ganhar ou perder faz parte, temos que tentar”, completou.
Segundo os dirigentes estaduais o partido deve disputar as eleições de 2010 em 27 cidades com candidatos a deputado estadual e em 11 cidades para deputado federal, reservando uma vaga de senado para Campo Grande e uma para Dourados.
O Estado foi dividido em 10 grandes regiões nas quais o Partido da Mobilização Nacional irá desenvolver projetos visando o crescimento político partidário da sigla, e estes projetos terão a frente cinco filiados (em cada região), esta é uma forma que o PMN encontrou para atingir seus objetivos e estender o partido para os 78 municípios.


Saudações mobilizadoras...



HOJE É 29 DE OUTUBRO DE 2008

CONVIDAMOS A TODOS PARA NOSSO EVENTO DO DIA
08 DE NOVEMBRO DE 2008 QUE SERÁ REALIZADO NO
HOTEL CONCORD NO CENTRO DE CAMPO GRANDE
AVENIDA CALOGERAS 1624
QUALQUER DÚVIDA ENTRAR EM CONTATO COM ADALTON
GARCIA 9955 2077 A PARTIR DAS 08:30 HORAS



Hoje é 08 de outubro de 2008

Queremos desejar felicidades aos nossos vereadores eleitos

Rio Verde de Mato Grosso Adriano da Matadeira
Caarapó Odair Bortoloti
Mundo Novo Marcelo
Anastácio José Barbosa
Bonito Clóvis da Farmácia

desejamos parabéns aos nossos novos vereadores...... sucesso!


Começa um novo projeto para uma vida melhor em MS
Nós do PMN estamos aprendendo a trabalhar no campo
da política, e queremos dividir com nossos amigos
o prazer que temos em dizer que a IARA COSTA, é a
nossa prefeita de Campo Grande.
São quase 16 mil votos conquistados com amor e trabalho
a família do PMN rende suas homenagens a você IARA COSTA,
por tudo que pode fazer pelo nosso PMN...

atenciosamente

Adalton Garcia de Freitas

16.10.07

CAMPO GRANDE - MS, 29 DE JUNHO DE 2008
VISITAS>>> 14.852

EM CONVENÇÃO MUNICIPAL O PMN DE CAMPO GRANDE RESOLVEU LANÇAR CANDIDATURA PRÓPRIA, E O NOME ESCOLHIDO FOI DA SENHORA IARA COSTA E VICE O DO CAP. ARCE.... O PARTIDO LANÇA AINDA 22 HOMENS CANDIDATOS E 8 MULHERES..........

A PARTIR DESTA DATA ESTA PÁGINA DEIXARÁ DE LANÇAR NOTICIAS EM RESPEITO A LEGISLAÇÃO EM VIGOR... E VOLTARÁ A ATIVIDADE NOMAL APÓS O DIA 05 DE OUTUBRO OU 21 DE OUTUBRO CASO HAJA SEGUNDO TURNO DAS ELEIÇÕES.... QUE DEUS NOS ABENÇOE HOJE E SEMPRE...

ADALTON GARCIA DE FREITAS - PRESIDENTE ESTADUAL DO PMN

PMN de Campo Grande vota em
convenção Candidatura Própria na Capital


Em entendimento junto com a Executiva Estadual o Partido da Mobilização Nacional, votou essa semana em reunião extraordinária na sede da Executiva Municipal em Campo Grande a possibilidade de a agremiação lançar chapa própria na majoritária nas eleições de 2008 e chapa completa para vereador na proporcional.
Segundo o dirigente estadual Adalton Garcia essa é mais uma das determinações da Executiva Nacional do PMN que vem mantendo posição quanto a candidatura própria nas capitais dos estados, e em Campo Grande não poderia ser diferente.
“O PMN tem possibilidade de lançar 20 homens e 12 mulheres para vereadores, e somado os votos de quem já concorreu a cargo de vereador nas eleições anteriores, subtraído deste total 20% (vinte porcento) o partido ainda contaria com um total de votos de aproximadamente 14 mil votos, ou seja, com os novos candidatos que nunca concorreram nós do PMN temos total condições de fecharmos com 25 mil votos para vereador sem contar com voto de legenda, voto este que vamos intensificar junto aos candidatos”, concluiu Freitas.

29/04/2008 17:53
PMN apóia PMDB, mas recusa chapão devido a ‘cartas marcadas’

Alcindo Rocha
O presidente regional do PMN, Adalton Garcia de Freitas, declarou na tarde desta terça-feira que vai apoiar o PMDB do prefeito Nelsinho Trad, mas que é inviável acompanhar os outros partidos nanicos em um chapão.

“Nós sabemos o que queremos e temos certeza de que nosso projeto está caminhando no sentido certo, pensando assim, não podemos ceifar a possibilidade de o PMN fazer um ou dois vereadores”, declarou Freitas.

É que na manhã de ontem houve um encontro em que Nelsinho obteve o compromisso do apoio de diversos pequenos partidos. Ficou acordada a divisão dos partidos em chapas para a eleição proporcional. Nesse ponto do acordo, o PMN é dissidente.

Segundo Freitas, o PMN preferiu correr o risco de ficar sozinho, por entender que em todas as coligações existem possíveis “cartas marcadas”.

“Acreditamos que os pré-candidatos que temos tenham condições mais do que necessárias para fazer um vereador direto e tentar a primeira maior sobra, então queremos mesmo estar sem coligação”.

Enviar Imprimir Voltar Capa www.midiamax.com.br

PMN apóia PMDB, mas não vai no “Chapão”


O Presidente Estadual do PMN, Adalton Garcia de Freitas, declarou na tarde desta terça feira (29) que o PMN poderá sim se aliar com o PMDB, de Nelson Trad Filho, mas que é inviável acompanhar os outros partidos nanicos em um Chapão. “Nós sabemos o que queremos e temos certeza de que nosso projeto esta caminhando no sentido certo, pensando assim não podemos ceifar a possibilidade de o PMN fazer um ou dois vereadores” declarou Freitas.

Na manhã de ontem houve um encontro político partidário onde participaram cerca de 20 partidos, todos dando apoio integral e irrestrito ao PMDB, ficando seladas três coligações fechadas: Grupo A: PT do B; PHS; PAN; PCB e PTC;. Grupo B: PSB; PSL; PSC; PC do B; e PRTB e Grupo C: PV; PTN e PRP.

Outras coligações ainda estão sendo formadas, mas, segundo Freitas, o PMN preferiu correr o risco de ficar sozinho, por entender que em todas as coligações existem possíveis “CARTAS MARCADAS”, e pelo partido não ter condições financeiras para concorrer contra essa situação à agremiação até este momento não definiu com quem deverá caminhar na proporcional.

“Acreditamos que os pré-candidatos que temos tenham condições mais do que necessárias para fazer um vereador direto e tentar a primeira maior sobra, então queremos mesmo estar sem coligação, e outra essa é uma exigência da Executiva Nacional, e todas as vezes que uma Estadual bateu de frente com a nacional do PMN o Estado saiu perdendo, é simples, é só lembrarmos quando o Macedo perdeu a direção, o Marquinhos Curió (Naviraí), Dr. Cleber (Mundo Novo) e por último o vereador Marcelo Bluma (Campo Grande), todos eles bateram de frente com a nacional e acabaram perdendo a direção do partido e eu não quero que isso ocorra na minha gestão, estou a 18 anos no PMN e quero continuar quanto tempo ainda a Nacional confiar em mim”, completou Adalton Garcia de Freitas.

Freitas explicou ainda que até poderá fazer uma coligação na proporcional, desde que todos os candidatos tenham chances iguais de eleição.


29/04/2008 - 17:20
Permitida a reprodução desde que citada a fonte.
voltar enviar por email imprimir www.msnoticias.com.br/

PMN de Sidrolândia tem total autonomia para decisões sobre coligações
Por Jornal Plantão MS
25 de abril de 2008
Em matérias que circula na mídia da capital, onde aparece o PMN de Sidrolândia, afirmando fazer parte de uma aliança fechada por 14 partidos e que apoiará a candidatura de David Olindo (PTB) a prefeitura de Sidrolândia, o Presidente Estadual do PMN Adalton Garcia, confirmou que em Sidrolândia quem define as candidaturas a quem seguir, será o presidente municipal da agremiação. “Não podemos intervir para não prejudicar o processo político, quem conhece a realidade de Sidrolândia é quem vive em Sidrolândia, então quem deve saber o que é melhor para a cidade é quem mora nela” disse Freitas.
Sobre o almoço com o Dr. Davi, Freitas ressaltou que esteve presente, participou do almoço e foi enfático ao dizer que o dirigente Francisco Ortega é quem fará todo o trabalho para buscar uma coligação, onde o PMN terá chances de fazer um vereador e participar das eleições de igual para igual com os outros partidos.
“Na nossa convenção estadual ocorrido durante o VIII Encontro Estadual no clube Libanês em Campo Grande, já ficou acertado que os municípios terão poder total e irrestrito para promover suas coligações”, completou Freitas.
O presidente do diretório municipal do PMN de Sidrolândia Francisco Ortega, ao ser informado por Aldalton sobre tal encontro, reiterou total confiança em sua pessoa e afirmou que: "Conheço Adalton Garcia há muito tempo. Sei de seu carater e de sua honestidade, suas palavras e atitudes dirigidas a todos os diretórios municipais do estado, sempre foram no sentido de total liberdade de escolha, sem sua interferência e que sempre apoiou nossas decisões", concluiu. Segundo Ortega, “O PMN faz parte da base aliada do atual prefeito municipal Daltro Fiuza (PMDB), tem recebido vários convites e tem participado de diversas reuniões, mas que ninguém tem sua autorização, para colocar o nome do PMN, em qualquer aliança, pois o diretório municipal ainda não se pronunciou sobre apoio de candidaturas”, encerrou.



Encontro Estadual do PMN reúne 31 cidades
Por Jornal Plantão MS


O Partido da Mobilização Nacional (PMN) realizou, neste final de semana, seu 8º Encontro Estadual. Segundo o presidente estadual da agremiação, Adalton Garcia de Freitas, o objetivo principal do evento foi discutir a pauta sobre as eleições de 2008 e 2010, ficando definido desde hoje que o PMN irá caminhar sozinho nas eleições de 2010, com chapas completas na disputa de deputado estadual e federal. Este ano, o encontro aconteceu no Clube Libanês, e, segundo a organização, cerca de 500 filiados, de todas as regiões do Estado e da Capital, participaram do evento.
Para as eleições de vereador e prefeito a executiva estadual liberou todos os municípios do Estado para procurarem as melhores coligações possíveis na tentativa de fazer grande número de vereadores, vices e prefeitos.

Já na capital do Estado – Campo Grande, em cumprimento a normativas, publicadas pela Executiva Nacional, o PMN deverá mesmo lançar chapa pura para vereador, lançando cerca de 12 mulheres e 20 homens na corrida por uma cadeira na Câmara Municipal. “Há ainda uma possibilidade de compormos com outras agremiações na proporcional, desde que o PMN possa lançar no mínimo 32 candidatos de sua base”, informou Freitas.
Quanto à candidatura na majoritária, o presidente estadual, disse que o partido esta livre para apoiar qualquer candidato a prefeito, desde que, permita que o PMN lance sua chapa completa de vereador.
“Existe certo alinhamento com o atual prefeito Nelson Trad Filho, mas isso só se concretizara desde que tenhamos a possibilidade de ter assegurado participação no governo municipal desde já, e de lançarmos nossa chapa de vereador independente, sem ter que ter carta marcada”, confirmou Adalton Garcia.
No encontro estiveram presente os representantes das cidades de Corumbá, Ladário, Aquidauana, Anastácio, Miranda, Terenos, Campo Grande, Chapadão do Sul, Paranaíba, Cassilandia, Aparecida do Taboado, Três Lagoas, Brasilândia, Santa Rita do Pardo, Sonora, Rio Verde de Mato Grosso, São Gabriel do O´este, Sidrolandia, Amambaí, Coronel Sapucaia, Rio Brilhante, Coxim, Dourados, Ponta Porã, Itaporã, Nova Andradina, Eldorado, Caarapó, Bonito, Maracajú, Nioaque, Jardim entre outras.
Vários foram os vereadores que marcaram presença como foi o caso do vereador Roger Aroeira, de Boninto; vereador Odair Bortolotti, de Caarapó; Suely Nogueira, de Aquidauana; Ary Pentanon, de Chapadão do Sul; Manoel da Matadeira, de Rio Verde de Mato Grosso e demais líderes do Estado.

Mais fotos você confere na Galeria de Fotos clicando aqui!
www.jornalplantaoms.com.br


VIII ENCONTRO ESTADUAL DO PMN
SUCESSO É POUCO DIZER QUANTO AO EVENTO DO DIA 19 DE ABRIL...... MAS SE NÃO EXISTE OUTRA PALAVRA PARA EXEMPLIFICAR VAMOS DEIXA-LA MESMO.... O EVENTO FOI UM SUCESSO...
PRINCIPALMENTE NO QUISITO DAS MUNICIPAIS LANÇAREM CANDIDATOS A VEREADOR COM INDEPENDÊNCIA DE CHAPA.... COMO É O EXEMPLO DE CAMPO GRANDE.... ONDE O PMN QUER CAMINHAR SOZINHO COM CHAPA PURA PARA VEREADOR......



- ACONTECERÁ NESTE SÁBADO 19/04 NO CLUBE LIBANES
A PARTIR DAS 09:00 HORAS E ENCERRAMENTO ÀS 14:00 HORAS..... O EVENTO SERÁ MARCADO
COM UM GRANDE ALMOÇO DANÇANTE COM A APRESENTAÇÃO DA BANDA "OS CHAMAMEZEIROS DE CAMPO GRANDE"

NACIONAL DECIDE EM CONVENÇÃO QUE CAPITAIS TERÃO DE TER CANDIDATURA PRÓPRIA E OU CHAPA COMPLETA PARA VEREADORES......


SUCESSO

O EVENTO DA VISITA DA DEPUTADA ESTADUAL JANETE DE SÁ, EM MATO GROSSO DO SUL FOI UM SUCESSO TOTAL..... AGORA AGUARDAMOS PARA O EVENTO DO VIII ENCONTRO ESTADUAL QUE SERÁ REALIZADO NO DIA 19 DE ABRI NO CLUBE LIBANES....

AMIGOS FILIADOS!!!! NOSSA CONVENÇÃO ESTADUAL SERÁ REALIZADA NO DIA 19 DE ABRIL DE 2008, NA SEDE DO CLUBE LIBANÊS, CENTRO DE CAMPO GRANDE - MS, SITO RUA DOM AQUINO 1879 ENTRE AS RUAS RUI BARBOSA E PEDRO CELESTINO, O INÍCIO ESTA PREVISTO PARA AS 09:00 HORAS E TÉRMINO ÀS 14:00 HORAS.
NA OCASIÃO SERÁ SERVIDO UM ALMOÇO DANÇANTE COM ANIMAÇÃO DA BANDA CHAMAMEZEIROS!!!
FAVOR TRAZER PRATOS E TALHERES.... LEMBRAMOS AINDA QUE O BAR SERÁ TERCERIZADO!!!

CONTAMOS COM A PRESENÇA DE TODAS AS MUNICIPAIS, SEUS DIRIGENTES, FAMILIARES E DEMAIS SIMPATIZANTES. SUA PARTICIPAÇÃO É MUITO IMPORTANTE.... MUNICÍPIOS QUE NÃO PARTICIPAREM DA CONVENÇÃO ESTADUAL FICARÃO COM RESTRIÇÕES PARA AS ELEIÇÕES DE 2008 E OUTRAS FUTURAS!!! FAVOR CONFIRMAREM PRESENÇA COM ANTECEDÊNCIA!!!!
QUALQUER DÚVIDA ENTRAR EM CONTATO 067 3321 3331 - IARA COSTA E OU ADALTON GARCIA!!!

POR UMA SOCIEDADE MAIS JUSTA E UM PAÍS MELHOR!!! VISTA ESSA CAMISA VOCÊ TAMBÉM!!! VENHA FAZER PARTE DA FAMÍLIA 33 - PARTIDO DA MOBILIZAÇÃO NACIONAL!!!


ATENÇÃO!!! A REUNIÃO COM A PRESENÇA DA DEPUTADA ESTADUAL JANETE DE SÁ - PMN/ES
SERÁ REALIZADA NO DIA 14 DE ABRIL DE 2008, SEGUNDA-FEIRA ÀS 19:00 HORAS NO PLENÁRIO DA ASSEMBLÉIA LEGISLATIVA - MS.
(NÃO SERÁ MAIS REALIZADA NO DIA 12 DE ABRIL DE 2008 NA CÂMARA DE VEREADORES)
QUALQUER DÚVIDA FAVOR ENTRAR EM CONTATO 067 3321 3331 - IARA COSTA E OU ADALTON GARCIA


REUNIÃO COM OS PRÉ-CANDIDATOS NO SÁBADO DIA 08 DE MARÇO NO PLENARINHO DA CÂMARA DE VEREADORES DE CAMPO GRANDE - MS COM INÍCIO PREVISTO PARA AS 09:00 HORAS....

“A política é a mais importante de todas as atividades humanas, da qual todas as outras dependem...”, e “Da mesma forma que o branco é a soma de todas as cores, o poder político é a soma de todos os poderes” (Celso Brant – Projeto Tiradentes, 1996).
Desde que tínhamos poucos anos de vida ouvíamos os adultos dizerem que a Juventude era quem faria, no futuro do nosso país, um Estado melhor para se viver.
Hoje, passados 40 anos, percebemos que o futuro, um dia apresentado a nós, já faz parte do passado. Então, as únicas diferenças de um dia vivido no passado e no hoje, são apenas as datas dos anos, percebidas entre quem viveu aquele presente e quem ainda aguarda aquele futuro apresentado.
Mas, quem viveu intensamente, na verdade, fez do passado o alicerce para caminhar no presente, e, o futuro não mais a nós pertence, caso não o tenha vivido no agora não terá outra oportunidade. Assim, no dia-a-dia percebemos o que fora feito do nosso futuro - a realidade de ações que, bem ou mal, mudou os rumos de nossa República Federativa do Brasil no nosso passado recente (luta contra da Ditadura, nos anos 60, e os Caras Pintadas, nos anos 90).
Os jovens, acadêmicos ou não, têm sempre uma nova oportunidade de ajudar a mudar o presente de nosso país. Todos vocês que vão completar 16 anos até o dia das eleições têm o direito adquirido de ter em mãos o seu título de eleitor e a través do voto poder contribuir para melhorar as condições de existência de nosso país. Caso não seja feito por vocês, jovens de agora, outros jovens de 16 anos virão e outros e muitos outros, sempre... porém, se possível for mudar uma realidade no agora não nos cabe deixar para o amanhã, afinal não sabemos ao certo quantos amanhãs ainda virão.
Como disse o professor Celso Brant, em seu livro Projeto Tiradentes, o poder político é o poder que congrega todos os outros poderes, é a soma de todas as atividades humanas, e nós que praticamos a política em toda nossa existência não temos o direito de abrir mão de lutar por um país mais justo. Observem que as últimas guerras existentes no mundo têm como causa principal a disputa pelo controle das maiores reservas petrolíferas mundiais. Nestas guerras, o nosso Brasil não está inserido. Mas, já pensaram qual será a próxima guerra? Na nossa opinião será pela água. E você sabe qual país tem as maiores reservas de água potável no mundo? É exatamente o Brasil! Nós temos que encontrar possíveis saídas no campo das idéias e da ciência, para que possamos evitar uma catástrofe para nossas próximas gerações.
Aos jovens que se sensibilizarem e que queiram participar de um projeto futuro que comece agora, juntem-se a nós da equipe JUVENTUDE TIRADENTES. É com a contribuição de vocês que poderemos fazer um PAÍS MELHOR para todos nós.

E isto, não é algo que esteja tão distante quanto era no passado.

Partido da Mobilização Nacional/MS


ILDES COIMBRA é convocado para ser
pré candidato a prefeito de Corumbá-MS


Em reunião da Executiva Estadual do PMN, realizada no último final de semana, o empresário Ildes Coimbra foi convidado a figurar como pré-candidato a prefeito da Cidade de Corumbá – MS. Esta decisão foi tomada a partir do comunicado da Executiva Nacional, enviado aos Estados pela secretária do partido, a doutora Telma Ribeira dos Santos, que orienta que todos os municípios de maior destaque nos Estados lancem candidatos a prefeitos. “O nosso objetivo é fazer com que o PMN apareça e ganhe espaço em todos os estados, por isso a orientação de lançarmos candidatos nas principais cidades”, explicou o presidente da Executiva Estadual do PMN em Mato Grosso do Sul, Adalton Garcia de Freitas.
Freitas informou ainda que as executivas de outros municípios também serão convidadas a participar desse projeto, entre elas Ponta Porã, Dourados, Três Lagoas, Paranaíba, Santa Rita do Pardo, Miranda, Bonito, Coronel Sapucaia, Mundo Novo entre outras.


EXECUTIVA REGIONAL DO PMN TERÁ ENCONTRO
DIA 26 DE JANEIRO NA SEDE ESTADUAL DA
AGREMIAÇÃO. SITO RUA 14 DE JULHO 1944
2º ANDAR SALA 209 A PARTIR DAS 10:00 HORAS.

PMN deverá lançar candidatura a prefeito nas principais cidades do Estado.

Na manhã desta quarta-feira (16), durante conversa entre o presidente da executiva estadual do PMN, Adalton Garcia de Freitas, e a secretária nacional do partido, Dra. Telma Ribeiro, ficou decidido que o Partido da Mobilização Nacional deverá lançar o maior número possível de candidatos a prefeito no Estado.
Segundo Freitas, a orientação da nacional do PMN é de que o partido lance candidatura própria nas principais cidades do Estado, como Corumbá, Dourados, Três Lagoas, Coxim, Aquidauana, Paranaíba, Ponta Porã, Santa Rita do Pardo, Amambaí, Nova Andradina, Chapadão do Sul, Costa Rica, Miranda e Bonito. “Já temos nomes de pré-candidatos confirmados em seis cidades. Em Corumbá temos o Ildes Coimbra Pauliquevisk; em Dourados o professor Claudinei Soares; em Miranda, temos Tereza Tânia; em Bonito o Vereador Roger Aroeira, em Santa Rita, a Maria Célia, e em Três Lagoas já coloquei o meu nome a disposição”, relatou Freitas.
A única exceção fica com Campo Grande. De acordo com Freitas, a nacional liberou a Capital do Estado de lançar candidatura própria a prefeito, já que já foi decido que o partido irá apoiar a candidatura do prefeito Nelson Trad Filho à reeleição.
Freitas salientou ainda que tem carta branca para intervir nos municípios que não seguirem as normas da Nacional do partido. “Não vamos obrigar nenhum município a fazer algo que irá prejudicar o partido. Mas, onde for melhor para o crescimento da agremiação, deveremos lança candidatos a prefeito”, ressaltou o presidente Estadual do PMN., acrescentando que as negociações para as próximas eleições, nas principais cidades do Estado, deverão passar pela aprovação da Executiva Estadual.

Assessoria de imprensa do PMN/MS
3026-3345

ESTÃO ABERTOS OS TRABALHOS DO ANO DE 2008
NA SEGUNDA SEMANA DE JANEIRO ESTAREMOS
INAUGURANDO A NOVA SEDE DO PMN - MS
NA RUA 14 COM AV AFONSO PENA
GALERIA SÃO JOSÉ - SALA 209 NO SEGUNDO ANDAR


FELIZ NATAL E PROSPERO ANO NOVO!!!

MENSAGEM DE FINAL DE ANO


Então, certa vez, fez-se a LUZ, e dela emanaram-se tudo o que nos é conhecido hoje. Em dias de festa, onde o amor paira no ar e o equilíbrio dos sentimentos torna os homens seres mais sensíveis. Neste momento, nós, políticos que militamos como grandes cirurgiões e nos deparamos com o bisturi do criador, temos que nos desprendermos dos maus sentimentos e, sempre com muita fé, nos guiarmos pelas veredas da justiça entre o amor e a espada.
Como disse Shakespeare, “... um nome é apenas um nome, e uma flor é apenas uma flor, a flor não será mais ou menos perfumada pelo nome que tem...”. Um homem é apenas um homem e ele não será mais ou menos honesto pelo nome que tem, mas pelo que ele prega.
Nosso partido político é o que é um retrato real do que somos, e é composto por Homens e ‘Homens’, cabe a nós sabermos de que lado estamos e que tipo de Homem queremos ser.
Com o ano que se inicia, um novo processo político se aproxima, e cada vez mais seremos cobrados, a grandeza do discernimento com certeza será o divisor de águas no oceano dos sonhos.
A cada um de vocês, nós do PMN entregamos um pedacinho de nossos compromissos e cabe a cada um, cumprir seu papel, seja ele vitorioso ou não. Só somos sabedores de uma situação: “um projeto não se começa ou acaba quando um ou mais saem vencedores, mas quando todos participam e todos juntos fazem com que o processo seja o vencedor”.
Desejo a todos vocês um FELIZ NATAL e um ANO DE 2008 repleto de amor e sucesso. ADALTON GARCIA DE FREITAS – PRESIDENTE ESTADUAL DO PMN-MS.


e-mail : pmn_ms@hotmail.com

PMN se oferece para testemunhar contra Artuzi
29/11/2007 - 16:14
Giuliano Lopes Willams Araújo

Ameaçado de cassação pelo TRE (Tribunal Regional Eleitoral) de Mato Grosso do Sul, o deputado estadual Ari Artuzi (PDT) ganhou um adversário em potencial na ação em que se defende por infidelidade partidária: o PMN, pelo qual foi eleito para exercer o primeiro mandato na Assembléia Legislativa nas eleições de 2002.

O presidente regional do PMN, Adalton Garcia de Freitas, distribuiu nota à imprensa nesta quinta-feira, se colocando à disposição da Justiça Eleitoral e do PMDB para testemunhar contra Artuzi, que é época obteve 6.821 votos pela legenda “nanica”.

O deputado está ameaçado de perder o cargo para o segundo suplente da coligação Amor, Trabalho e Fé, que elegeu André Puccinelli governador no ano passado, o ex-prefeito de Paranaíba, Diogo Robalinho de Queiroz, popularmente conhecido por Diogo Tita, que teve aval da executiva regional do PMDB para requerer a vaga.

O presidente do PMN argumenta em nota que esta não foi à primeira vez que Artuzi abandona o partido pelo qual foi eleito. “Nas eleições de 2002, Artuzi foi eleito deputado pelo PMN, porém nem chegou a tomar posse pelo partido, mudou-se dias depois da eleição”, assinala o dirigente.

Ele alega que seu grupo político foi muito prejudicado, uma vez que o deputado recebeu mais de 6 mil votos pela legenda e, em seguida, procurou abrigo no PDT antes mesmo de sua posse. “Não podemos colaborar com a existência de políticos oportunistas. Esta decisão do TSE foi uma das maiores vitórias para a moralização da política brasileira”, declarou.

Apesar de reconhecer a decisão acertada do TSE, o dirigente lamenta a resolução do órgão não ter incluído, como parte da punição aos infiéis, o instituto da inelegibilidade. “Eu vejo apenas uma falha na resolução que regulamenta a fidelidade partidária, ela não ter uma cláusula para que os infiéis que perderem os mandatos ficassem inelegíveis por quatro anos. Caso a resolução tivesse mais essa limada (sic), o nosso país, com certeza, teria uma melhora significativa no processo eleitoral”, sugeriu o presidente do PMN.

Ele alega que com o abandono do parlamentar, o PMN teve um atraso de mais de 10 anos no processo político do partido em Mato Grosso do Sul.“Ele (Artuzi) não teve capacidade de ajudar no desenvolvimento do partido pelo qual ele se elegeu, ou melhor, que elegeu ele, pois só com os seus pouco mais de 6 mil votos ele não se elegeria sozinho”, desabafou.

Freitas acusa Artuzi e o ex-deputado estadual Pastor Barbosa (PMDB) de tentarem tomar o controle do PMN em Mato Grosso do Sul, durante visita que fizeram a cúpula nacional da legenda em São Paulo, mesmo não estando mais nos quadros do partido.



Nacional mantém Adalton Garcia na direção estadual do PMN


A diretoria Nacional do Partido da Mobilização Nacional, PMN, aprovou por unanimidade a manutenção do atual presidente estadual , Adalton Garcia de Freitas, na direção do partido em Mato Grosso do Sul. A decisão foi anunciada no ultimo final de semana, durante convenção realizada em São Paulo, com todos os dirigentes estaduais e legisladores eleitos pelo Partido.
Segundo o Estatuto do Partido, a formação das direções Estaduais e Municipais é feita por meio de nomeações e não por votação como ocorre na maioria dos partidos. “As nomeações são feitas através de direções provisórias, normalmente com prazo de um ano. Este processo é mais rápido e evita as grandes divisões dentro do partido”, explicou Freitas.
Os outros cargos da Executiva Estadual do PMN em Mato Grosso do Sul foram preenchidos por: vice-presidente, Vereador Roger Aroeira, de Bonito/MS; Secretária Estadual, a jornalista Silvia Regina Bassetto, Tesoureiro foi indicado o médico e diretor do Hospital Regional Rosa Pedrosian, coronel Walmir dos Santos – Campo Grande/MS, e na função de vogal ficou a empresária do ramo de nutrição animal Maria Célia Lourenço, de Santa Rita do Pardo/MS. Ainda foram nomeados: o coordenador do Instituto de Estudo Político JK - o advogado Dr. Antonio Vieira, o coordenador das cidades circunvizinhas da Capital o professor universitário Jorge dos Santos, o coordenador das cidades da região noroeste Ildes Coimbra Pauliquevisk e o coordenador da região do Bolsão, Juscelino Thomaz dos Santos.

Perfil do presidente

Filiado a mais de 18 anos ao PMN, Adalton Garcia de Freitas ocupa, também, o cargo de segundo secretário do Comitê de Ética Nacional. É membro do Grupo de Estudos Político do JK e do Diretório Nacional do PMN.
Estudou engenharia civil na cidade de São Carlos/SP, cursou bacharelado em geografia na UFMS e Turismo na AEMS de Três Lagoas/MS, atualmente escreve a tese de mestrado em Gestão e Produção Agroindustrial, na Uniderp, e, após terminar o mestrado, pretende começar faculdade de Direito. Profissionalmente, Freitas exerce o cargo de supervisor de processos na SANESUL, em Campo Grande.

Sede própria

Hoje, o Partido da Mobilização Nacional desenvolve política de crescimento e apoio aos Estados. Mato Grosso do Sul foi o segundo Estado da federação onde a Executiva Nacional autorizou a compra de sede própria. Em Campo Grande o novo endereço do PMN fica na rua 14 de Julho, no segundo andar da galeria São José, sala 209, Centro.


PMN apresenta pré-candidatos a vereador em Campo Grande


O Partido da Mobilização Nacional reuniu cerca de 450 pessoas em evento realizado, na noite do último sábado (10), onde foram apresentados do pré-candidatos a vereador nas eleições do ano que vem. O partido, que nas ultimas três eleições conseguiu eleger vereadores na capital, possui mais de 60 nomes disponíveis para concorrer nas próximas eleições. “O PMN está muito bem estruturado podendo sair sozinho que irá eleger vereadores. Temos mais de 10 nomes que com certeza terão mais de dois mil votos cada um”, informou o presidente estadual do partido, Adalton Garcia de Freitas.

A declaração de Freitas foi reforçada pelo discurso do prefeito Nelson Trad Filho, que compareceu ao evento. Segundo ele, o PMN está preparado para a disputa do ano que vem independente das decisões do TSE. “Mesmo se houver uma mudança repentina na lei eleitoral, acabando com as coligações na proporcional, o PMN tem condições perfeitas de sair sozinho. O Adalton está fazendo um ótimo trabalho”, declarou o prefeito Nelsinho para os filiados do PMN.

O evento que contou com a presença de representantes da Nacional do PMN, do deputado federal pelo estado de Alagoas, Francisco Tenório, e com presidentes municipais das cidades de Corumbá, Dílson Fonseca; Rio Brilhante, Carlos; Caarapó, Odair Bortolotti, de Ladário, dona Ziza, de Santa Rita do Pardo, Maria Célia e do vereador de Bonito, Roger Aroeira, que tomou posse como vice-presidente da Executiva Estadual do PMN.

“È muito bom podermos receber representantes do PMN de várias cidades do Estado, da Nacional e até de outros estados, como é o caso do deputado Francisco Tenório, em nosso evento. Isto mostra o quanto nosso partido é unido”, disse entusiasmado o presidente da Municipal do PMN em Campo Grande, Celestino Gonçalves de Oliveira, agradecendo a Estadual pela confiança em nomeá-lo para a presidência da municipal de Campo Grande..


Sede própria
Aproveitando o evento, a representante da Nacional, Telma Zaira, informou a compra da nova sede do partido no Estado. “Acabamos de fechar o contrato. O PMN de Mato Grosso do Sul já possui sede própria. Esta é uma grande conquista para todos nós”, declarou Telma.

A nova sede do partido fica no segundo andar da Galeria São José, na rua 14 de Julho, sala 209, e deverá estar funcionando no local ainda este mês.

“Esta é uma grande conquista para o nosso partido. Com a sede própria, bem no centro de Campo Grande, fica muito mais fácil para todos os filiados. A localização é ótima, só temos que agradecer a Nacional”, ressaltou Freitas.


Novas Executivas
O evento serviu também para dar posse oficial as novas Executivas Municipal e Estadual. A Municipal ficou composta da seguinte forma: presidente – Prof. Celestino Gonçalves de Oliveira; vice presidente – Ademar Vieira Junior; secretários – Ionaldo José Arce, José Fernando Cordeiro “Mano Veio” e Luciana Feitosa da Silva; tesoureiros – Leônidas Delmondes e Eduardo Lopes Miranda; vogais - Jorge Ferreira Santos e Josi Sant’ Anna Braga.

Já a Estadual ficou composta assim, para a presidência e tesouraria foram mantidos os nomes dos atuais membros: Adalton Garcia de Freitas e Dr. Antonio Vieira, respectivamente. Assumiram Roger Aroeira, vereador de Bonito, na vice presidência; Silvia Regina Bassetto, como secretária e Maria Célia, do PMN de Santa Rita do Pardo, como vogal.

entrevista do Adalton garcia a radio caçula!!

Em entrevista à Rádio Caçula, o presidente Regional do Partido da Mobilização Nacional (PMN), Adalton Garcia, informou que na segunda-feira (19), será protocolado um ofício no Tribunal Regional Eleitoral (TRE), pedindo a vaga da vereadora Vera Helena Arciole Pinho, que deixou o PDT e ingressou no PMDB.

O pedido da vaga da peemedebista terá por base a resolução do TSE sobre a fidelidade partidária. No dia 27 de Março deste ano, o tribunal definiu que o mandato pertence ao partido e não ao candidato eleito.

O Supremo Tribunal Federal (STF) decidiu que os candidatos eleitos para cargos proporcionais que mudaram de partido após 27 de março, estão sujeitos a perda de mandato. Com base nesta decisão, o presidente do partido informou que pedirá o mandato da vereadora.

Durante a entrevista, Adalton disse que existem duas possibilidades. A primeira caso o tribunal entenda que a vaga pertence à coligação, ele assume a vaga de vereador, pois é o primeiro suplente da coligação e a outra se o tribunal entender que a vaga pertence ao partido, quem assumiria seria Sayuri Baez, se ela ainda estiver no PDT. Conforme Adalton, a primeira suplente do PDT, Genir Neves, também deixou o partido e ingressou no PMDB, e por isso que ela não assumiria.

Garcia explicou que reuniu toda a documentação da filiação e desfiliação da vereadora, onde não apresenta nenhuma justificativa de perseguição para que ela deixasse o PDT, portanto, em sua defesa, ela não poderá alegar esta questão. “ Acredito na possibilidade da vereadora perder o seu mandato”.

Adalton disse que saindo a primeira decisão da fidelidade partidária, as outras decisões terão efeito “cascata”. Na próxima semana, segundo ele, o supremo decidirá sobre o pedido do PPS que requer a vaga de Geraldo Rezende que filiou-se no PMDB.
.

Fonte: Ana Cristina Santos




12/11/2007 - 13:36
Permitida a reprodução desde que citada a fonte "www.msnoticias.com.br/"


"Fechado" com Nelsinho Trad, PMN faz evento neste sábado
Sexta-feira, 09 de Novembro de 2007 15:16
Humberto Marques


O Diretório Regional do PMN promoverá neste sábado (10 de novembro), a partir das 19h, reunião entre os pré-candidatos a vereador do partido nas eleições de 2008, com a presença do deputado federal Francisco Tenório (AL). Durante o evento, a ser realizado no salão de convenções do Hotel Concord, também será dada posse à Executiva da Capital e apresentada a nova configuração da Estadual do partido.

Tenório participou diretamente da organização eleitoral do PMN em Alagoas no último pleito para deputado estadual, em 2006 – quando o partido elegeu 12 dos 24 parlamentares da Assembléia Legislativa. O presidente do PMN estadual, Adalton Garcia de Freitas, informou que outros representantes da Executiva Nacional estarão em Campo Grande, para entregar as chaves da nova sede do partido.

Celestino Gonçalves de Oliveira, presidente municipal do PMN, informou que o partido tem nomes suficientes para compor chapa sozinho para a disputa do próximo ano. Porém, não está descartada uma coligação com outros partidos. Ele ressaltou que o PMN apoiará o projeto de reeleição do prefeito Nelson Trad Filho (PMDB), e que está em conversações com agremiações como o PT do B, PHS, PAN, PSDC, PSC e PTC. O chefe do Executivo da Capital também é aguardado para o evento deste sábado.



Deputado Federal Francisco Tenório confirma presença na festa da família 33, juntamente com o Prefeito Nelsinho Trad Filho.

PMN DE CAMPO GRANDE
PROMOVE ENCONTRO DE PRÉ-CANDIDATOS

O EVENTO SERÁ REALIZADO NO DIA10 DE NOVEMBRO, NO SALÃO DE CONVENÇÕES DO HOTEL CONCORD, E CONTARÁ COM A PRESENÇA DE REPRESENTANTES DA NACIONAL, BEM COMO, DAS PRINCIPAIS LIDERANÇAS ESTADUAIS. NA OCASIÃO A COMPANHIA TEATRAL APLAUSOS ESTARÁ APRESENTANDO A PEÇA INTITULADA “CIDADANIA E ÉTICA NA POLÍTICA”.
APROVEITANDO O ENSEJO SERÁ DADA POSSE À NOVA EXECUTIVA MUNICIPAL DA AGREMIAÇÃO EM CAMPO GRANDE, QUE VEM SENDO PRESIDIDA PELO PROFESSOR UNIVERSITÁRIO CELESTINO GONÇALVES.
SEGUNDO A ASSESSORIA DO PREFEITO NELSINHO TRAD, O PREFEITO JÁ CONFIRMOU PRESENÇA NO EVENTO.
MAIORES INFORMAÇÕES PODEM SER OBTIDAS NA SECRETARIA DO PMN ATRAVÉS DO TELEFONE 067 3026 3345 OU 9956 8000.

Dissidentes do PR reativam PMN em Chapadão do Sul


No último final de semana esteve em Chapadão do Sul o presidente da executiva estadual do PMNB para a reativação do partido no município.

Os novos integrantes do PMN serão compostos por dissidentes do PR. A alegaram que foram excluídos, após as eleições, por terem apoiado o candidato João Carlos Krug para deputado estadual.

O PMN de Chapadão do Sul terá como presidente da executiva o ex-vereador Adolfo Cardoso (Bigode). Conta com os membros, Lauri Dalbosco, vereador Ari Pettenan, Pedrinho Borracheiro, Robertão, Aranha, Lídio Mariani, Valdomiro Bogaski, Secretario de Financias Itamar Mariani, entre outros filiados.

Tem como meta o PMN eleger pelo menos 02 vereadores no município de Chapadão do Sul.

O partido também passa a incorporar a base de apoio ao Prefeito Jocelito Krug, tendo o vereador Ari Pettenan como líder do Executivo na Câmara Municipal.


Fonte: O Correio
PMN de Mato Grosso do Sul vai
a justiça pedir as vagas dos infiéis

O Presidente Estadual do Partido da Mobilização Nacional, Adalton Garcia de Freitas, declarou na manhã de hoje, que vai cobrar na justiça o direito adquirido sobre as vagas dos vereadores que deixaram a agremiação após a data de 27 de março deste ano, conforme regra aprovada na noite de ontem pelo Supremo Tribunal Federal.
Segundo Freitas, só em Mundo Novo são duas vagas, já que os dois vereadores eleitos pelo partido, Adacildo do Madeirão e Chico City, e que deixaram o partido no mês passado. “Vamos solicitar na Justiça Eleitoral essas duas vagas e os dois suplentes, Lenona da Saúde (PV) e Perdiz (PMN), devem assumir as cadeiras de vereadores”.
O PMN entrará com recursos também em outras cidades do Estado. Em Terenos, o vereador Silvio da Estação, que também deixou o partido, deverá perder o mandato e em seu lugar, assumirá a suplente do PT, Branca. Em Três Lagoas, o PMN deverá ganhar mais uma vaga, pois a vereadora eleita pelo PDT, Vera Helena, deixou o partido e filiou-se ao PMDB, o primeiro suplente é o próprio presidente Estadual do PMN, Adalton Garcia, que deverá assumir a vaga no lugar da vereadora.
O PMN poderá ganhar mais uma vaga em Corumbá, já que o vereador Salatiel, eleito pelo PSDB, deixou a agremiação e migrou-se para o PDT. O suplente da vaga é Walter Cruz, do PMN.


Os infiéis do PMN

As palavras do presidente estadual do PMN estão muito claras para todos que o acompanha. Segundo ele, não adianta os infiéis quererem voltar, pois não serão mais aceitos na agremiação. “Na semana passada, eu disse aos vereadores para que ficassem no partido, que não era hora de deixar nossa legenda, mais cheguei a ser ameaçado por um dos vereadores, que proferiu palavras raivosas e em tom de ditador, hoje não aceito nem conversar com eles”, concluir Garcia.
A Nacional do Partido da Mobilização Nacional já esta entrando com documentos no STF pedindo a cassação dos mandatos dos vereadores que deixaram o partido(PMN), ou dos que foram eleitos pela coligação e que também deixaram os partidos de origem.

26.5.07

PMN de Mato Grosso do Sul deu show na convenção em
São Paulo/SP
Depoimento de Myrian Massarollo - presidente nacional do PMN mulher
De:
myrianmassarollo@hotmail.com
Enviado: domingo, 8 de julho de 2007 23:43:25
Para: adaltongarcia@hotmail.com
Assunto: PARABÉNS!!!!!
Caixa de Entrada
Adalton...
Vc saiu correndo e eu nem me despedi...
vc nem viu os discursos que fizeram elogiando seu trabalho....e olha...foram muitos...
sua idéia foi um sucesso!!!!
A Dra adorou... o deputado Francisco Tenório tb...
minha mãe chorou... todos..sem exceção amaram...
Acredito que tenha sido a melhor convenção do PMN....
Parabéns!!!
foi lindo.... vc é uma pessoa incrível...
Agradeça aos meninos por mim...
acho que eles receberão convites para viajar...
Vou fazer um texto oficial de agradecimento à vc...
e colocar as fotos no site do partido...
Assim que puder te mando as fotos...
amanhã ou no máximo terça feira...
Espero que tenha tido uma boa viagem..
pena que não tivemos tempo para conversar...
Beijos no coração Mimi
Verificador de Segurança do Windows Live OneCare: verifique já a segurança do seu PC!
QUER SER PREFEITO EM SUA CIDADE?????
FILIE-SE AO PMN E SEJA CANDIDATO!!!!!
LIGUE AGORA.... 9956 8000
PMN deverá acompanhar
Nelsinho nas eleições de 2008


O Partido da Mobilização Nacional – PMN deverá acompanhar o PMDB na disputa pela reeleição do prefeito Nelson Trad Filho à Prefeitura de Campo Grande. Segundo o presidente regional do partido, Adalton Garcia de Freitas, o PMN, que é aliado do Governo do Estado, avalia as atuais possibilidades e tudo indica que PMN acompanhe o PMDB estando juntos nas eleições de 2008 na capital do estado. “Queremos o que é melhor para Campo Grande, e devido ao excelente trabalho que o prefeito Nelsinho realiza na nossa capital morena acreditamos que sua reeleição seja o melhor neste momento
para a cidade. Por isso temos a intenção de apoiá-lo”, declarou Freitas.
Questionado sobre as declarações do deputado federal Dagoberto (PDT) sobre uma possível aliança com o PMN no Estado, Adalton Garcia de Freitas disse que isto é quase de impossível de acontecer. “O Dagoberto está querendo forçar uma situação. Não temos interesse em acompanhar o PDT aqui no estado, principalmente numa possível candidatura dele (deputado) para a disputa da Prefeitura. O que existe entre o PMN e o PDT é um acordo de bancada na esfera nacional, para que juntos com o PSB, PcdoB, PHS e PRB possamos ter poder de voto na Câmara. Isto não significa que o acordo valha para os Estados. Aqui somos livres para apoiarmos quem quisermos e quem for a melhor opção para
a população e para o nosso partido”, explicou Freitas.
Nas eleições de 2004, o PMN fez cerca de 20 mil votos para vereador e elegeu o vereador Alcides Bernal (hoje sem partido). Freitas acredita que nas próximas eleições o partido, que possui chapa própria para a disputa deverá eleger pelo menos dois vereadores. “Mesmo se for aprovada o fim das coligações proporcionais, temos nomes suficientes e fortes para concorrermos sozinhos. Estamos nos preparando para todas as
possibilidades”, ressaltou o presidente regional do PMN.
No próximo domingo, dia 08, o PMN realiza convenção Nacional. Em pauta, estão as possíveis mudanças na lei eleitoral, caso a reforma política passe pelo Congresso, e as eleições de 2008.


Assessoria de imprensa
Silvia Bassetto9646-8007

2.1.07

Campo Grande – MS 05 de março de 2007. http://www.msnoticias.com.br/

Relatório de fevereiro do PMN

É aprovado pela Direção Estadual

A Executiva Estadual do Partido da Mobilização Nacional, apresentou nesta quinta-feira (28/02) o relatório referente ao mês de fevereiro do corrente ano. Tendo sido aprovado por todos os membros presentes a reunião, a presidência deverá encaminhá-lo para a secretaria geral da Executiva Nacional da agremiação, que fica em São Paulo/SP.

PMN de Rochedo assume

aliança com PMDB e PSDB

O Partido da Mobilização Nacional, PMN, de Rochedo, fechou aliança com o PMDB e o com PSDB formando uma pré-coligação para as eleições de 2008. O acordo que já esta selado será homologado pelos presidentes municipais durante uma almoço, oferecido às lideranças partidárias locais e estaduais das três legendas, no próximo dia 18 de março, no Piscina Clube.
Segundo o presidente municipal do PMN em Rochedo, Carlos Matricardi, as três agremiações partidárias se juntaram, pois comungam com o mesmo projeto político para o município. Juntos o PMN, PMDB e PSDB formam um grupo forte para a disputa da prefeitura de Rochedo e para as vagas de vereadores.
Os preparativos finais do encontro e sobre a aliança estão sendo conduzidos entre Carlos Matricardi do PMN, e os representantes locais do PMDB, João Cordeiro, e do PSDB, Maria Helena. Os três partidos aproveitarão o evento para realizarem filiações.

Assessoria de Imprensa Oficial do PMN do Estado de Mato Grosso do Sul
Silvia Bassetto contato 3026 3345 e ou 9646 8007

Vereador Roger é pré-candidato

a prefeito de Bonito

Segundo o presidente da Executiva Municipal, da cidade de Bonito, o empresário Toninho Aroeira, o vereador Roger realmente é pré-candidato a prefeito local. Jovem e com perfil de liderança, Roger é uma das forças política que desponta dentro do Partido da Mobilização Nacional, tendo sido eleito como um dos vereadores mais votados da coligação.
O vereador foi convidado, recentemente, para integrar o núcleo da direção estadual do PMN, e deverá ser o novo vice-presidente da Executiva Regional, juntamente com a liderança do professor Adalton Garcia de Freitas, que ocupa o cargo da presidência.

“Vejo que as possibilidades do vereador Roger ser o próximo prefeito da cidade de Bonito são muito grandes, principalmente pelo discurso de seriedade, com o qual ele vem mantendo seu mandato de vereador. E, é chegada a hora de novas pessoas assumirem o comando político das cidades de nosso Estado”, declarou o presidente estadual do PMN.
De acordo com Freitas, o partido vem se organizando para lançar o maior número de candidatos a prefeitos no Estado. Em Caarapó, outra grande liderança do PMN é o vereador Odair Bortolloti, que desde o ano passado vem trabalhando seu nome como pré-candidato a prefeito. Em Brasilândia, o PMN aposta na força do vereador Antônio da Brasileira, que também deverá concorrer a prefeitura da cidade.
Já em Santa Rita do Pardo, o PMN terá que fazer a escolha entre as lideranças partidárias já ainda não esta definido quem representará o partido na disputa eleitoral. “Acredito que o nome que melhor representa o partido é o da empresária Maria Célia Lourenço, mas isto ainda não está totalmente fechado”, explicou Freitas.

Assessoria de Imprensa Oficial do PMN de Mato Grosso do Sul
Silvia Bassetto – 3026 3345 ou 9646 8007

Atenção toda direção da Executiva Estadual. A reunião da REGIONAL que seria no dia 24 de fevereiro ns sede da Executiva Estadual, será adiada para a próxima semana, com dia, hora e local a ser confirmado pela presidência e ou secretário.

PROPOSTA DO PMN PARA DIVISÃO
DO FUNDO PARTIDÁRIO É ACEITA
NA CÂMARA FEDERAL


Através da bancada de Deputados Federais e da assessoria Jurídica do Partido da Mobilização Nacional, a pauta da Câmara Federal ficou obstruída por várias horas durante a última quinta-feira (15/02) até que os líderes dos partidos grandes (PMDB, PT, PSDB e PFL) voltaram atrás na propositura de ceder apenas 5% (por cento) do fundo partidário aos partidos emergentes.
De acordo com essa proposta, partidos como PMN, PAN, PTC e outros deixariam de ter acesso a mais ou menos 1,3 milhão (por ano), referente ao fundo partidário e passariam a receber apenas 400 mil (por ano) pela regra dos grandes partidos.
O acordo sobre a distribuição do fundo só aconteceu a partir da proposta apresentada pela Advogada do PMN e Secretária Nacional do partido, Dra. Telma Ribeiro dos Santos, que mediou o acordo propondo a seguinte formatação: primeiro os emergentes aceitariam os 5% e segundo os 95% restante seriam distribuídos a partir da votação que cada agremiação recebeu nas eleições de 2006.
Dessa forma, o PMN, receberá repasse do fundo partidário de aproximadamente 1,3 milhão. Já na proposta dos grandes partidos o PMN passaria receber apenas 400 mil por ano.
INCOERÊNCIA Caso não houvesse nenhuma mudança e permanece-se da forma como o Supremo Tribunal havia determinado partidos como o PMN, PTC, PAN entre outros receberiam por volta de 2 milhões por ano. “É melhor perder 800 mil do que 1,6 milhão”, disse Adalton Garcia, Presidente Regional do PMN no Mato Grosso do Sul.

Vereador de Miranda filia-se ao PMN

O vereador, Valdir Dias Olanda, ex-presidente da Câmara de Vereadores de Miranda, na última legislatura (2005-2006), é o mais novo filiado do Partido da Mobilização Nacional no Estado. Olanda, que se filiou no PMN nesta última quarta-feira (15/02) assumiu também a direção municipal da agremiação em Miranda e promete lançar chapa completa de vereadores e candidatura própria a prefeito nas eleições de 2008. “Temos que dar total apoio a esta iniciativa, pois apenas assim é que poderemos construir um partido forte e decidido a não estar na “ABA” dos outros”, declarou o Presidente Regional do PMN, Adalton Garcia de Freitas. Na cerimônia de filiação, realizada em Miranda, estiveram presentes também o advogado e vice-presidente da Estadual do PMN, Dr. Antônio Vieira, o secretário da municipal de Campo Grande, professor Marcílio Dias, o diretor Vogal da Estadual, o empresário Ildes Coimbra, juntamente com uma delegação das cidades de Corumbá e Ladário, integrada pelo professor Dílson Fonseca (presidente da executiva de Corumbá) e o secretário municipal professor Johonie Midon e Ramão Miguel, presidente municipal de Ladário. Segundo o presidente estadual do PMN, até o inicio do segundo semestre deste ano, o partido pretende estar presente em todos os municípios de Mato Grosso do Sul, com chances para concorrer tanto aos cargos de vereadores quanto aos de prefeito. “Queremos estar presente em 100% por cento do Estado até agosto desse ano, e vamos disputar as eleições em todas as cidades”,
ressaltou Adalton Garcia.

Assessoria de imprensa
Silvia Bassetto (67) 3026-3345


Frente de "nanicos" se articula
para eleições municipais

Uma frente formada por cinco partidos emergentes – os chamados “nanicos” – já começou as articulações visando as eleições municipais de 2008 em Mato Grosso do Sul. Dirigentes do PTC, PAN, PT do B, PHS e PMN vem se reunindo desde novembro de 2006 com o objetivo de compor coligações para o pleito que elegerá os novos prefeitos e vereadores do Estado, que ocorrerá daqui a 19 meses. A matemática dos presidentes das agremiações quer, pelo menos, reduzir a distância que separa partidos menos estruturados das grandes legendas.O presidente regional do PMN, Adalton Garcia, disse que a situação financeira dos partidos seria a justificativa para a antecipação das discussões. “Os partidos maiores, que têm um fundo partidário muito maior, podem efetuar viagens e assembléias mais tarde. Centralizando nossas decisões, temos conseguido efetuar visitas a microrregiões, com presidentes de até três partidos. Torna o processo mais fácil”, explicou.Apenzeler Dutra Carneiro, presidente regional do PAN (Partido dos Aposentados da Nação) tem opinião similar. “Se não nos unirmos imediatamente ficará difícil. Assim, quando os verdadeiros ‘partidos de aluguel’ entrarem em ação, teremos um conjunto unido e sólido”, sustentou, tratando como legendas de “aluguel” os grandes partidos, “que são os que negociam cargos, secretarias e filiações”.Os dirigentes já têm uma estratégia para as eleições. A intenção é, caso seja mantida a coligação, lançar o limite máximo de candidatos rateados entre as legendas – duas vezes e meia a capacidade das Câmaras dos Vereadores em cada município. “Em Campo Grande, por exemplo, cada partido lançaria de oito a nove candidatos, que seriam nomes com densidade eleitoral, capazes de fazer até mil votos. Nossa chapa completa teria 55 candidatos, ou seja, teríamos condições de fazer de dois a três vereadores”, disse o presidente do PMN.Garcia justifica o projeto com o “know-how negativo” do PMN em 2004, quando foram lançados mais de 20 candidatos e foi necessária uma mobilização maior para arregimentar filiados. “O importante é fazer o trabalho desde já, para termos gás de sobra adiante”, resumiu.União – Os “nanicos” buscam na união de forças condições para assumirem candidaturas próprias ou negociar apoio a partidos maiores. O maior argumento é de que, juntos, possuem maiores condições de conquistarem vagas nos Legislativo ou até no Executivo. Garcia exemplifica com o próprio PMN, que na Capital obteve 20 mil votos nas eleições de 2004 – elegendo um vereador. No pleito municipal anterior, foram duas as cadeiras conquistadas pela agremiação, que fez também um deputado estadual em 2002.A união entre os partidos não significa um projeto concreto de candidatura própria. Adalton Garcia disse ser pré-candidato à prefeitura de Três Lagoas, “mas estamos abertos para negociar um apoio à prefeita Simone Tebet (PMDB), por exemplo. O importante é estarmos fortalecidos”, sustentou. Após o Carnaval, representantes dos cinco partidos esperam se reunir com o prefeito Nelson Trad Filho (PMDB). Em pauta, as possibilidades de alianças em torno da possível reeleição do chefe do Executivo de Campo Grande.O presidente do modesto PAN acredita na continuidade do projeto até 2008, por encontrar nos dirigentes partidários “uma posição política clara, voltada para o fortalecimento dos partidos, que juntos sempre elegeram vereadores”. Apenzeler Carneiro aproveita para atacar candidatos que, eleitos pelos “nanicos”, trocaram de partido pouco depois. “Infelizmente temos elegido pessoas que se deixam abraçar pelos grandes partidos”, sustentou.O PAN chegou a se fundir com o PTB em 2006. No entanto, o processo teria sido efetuado à revelia da direção nacional e dos diretórios regionais, culminando na expulsão do antigo presidente e na nomeação de uma comissão provisória, que administra o partido. “É praticamente certo que o PAN continua a existir como partido”, disse Carvalho. Enquanto não conhece a sentença sobre o seu futuro, o PAN (que possui 4,5 mil filiados em todo o Estado) continua a articular sua participação nas próximas eleições. Nesta terça-feira (13) os integrantes da frente partidária se reúnem com Moacir Roberto de Abreu, presidente regional do PC do B. Em pauta, o desafio de trazer o histórico aliado do PT para a frente dos “nanicos”. Lucimar Couto: Editor Responsável http://www.campograndenews.com.br/
ELEIÇÕES 2008

PMN visita
cidades do Interior

No último final de semana, três e quatro de fevereiro, a Executiva Estadual do PMN visitou as cidades de Sidrolândia, Bonito, Nioque e Guia Lopes da Laguna para formatar as novas células do partido nestes municípios . Em Sidrolândia, o empresário Francisco Ortega reassumiu a agremiação e deverá lançar o médico Jorge Vieira como pré-candidato a prefeito pela sua cidade.
Em Bonito, outro empresário assumiu a direção partidária do PMN, Antônio Aroeira, pai do vereador Roger, que já disponibilizou seu nome a pré-candidato a prefeito pela cidade. “Sei que temos condições de representar nossa cidade de Bonito estando no administrativo. Digo isso porque estou acompanhando a atual administração e sabemos que é possível fazer ainda melhor do que vem sendo feito”, disse Toninho Aroeira.
Em Nioaque, o pré-candidato a disputa por uma vaga na administração do município, é o dentista oficial da reservar Dr. Celso, que já esta trabalhando na composição dos núcleos de base. Para isso, conta com o apoio da Estadual do PMN.
Segundo o presidente estadual da agremiação em Mato Grosso do Sul, o Jovem professor Adalton Garcia, o PMN deverá lançar, em todo o Estado, pelo menos 40 candidatos a prefeito e compor na chapa majoritária em nos outros municípios.
“Estamos cumprindo o que a nossa Executiva Nacional deliberou em convenção, e para tanto, vamos percorrer todas as cidades de Mato Grosso do Sul, buscando sempre manter nossas lideranças que já estavam no processo político e agregar novos nomes que venham somar com nossa agremiação”, completou Adalton Garcia.
Para próxima semana, já estão agendadas visitas nas seguintes cidades: Água Clara, Brasilândia, Santa Rita do Pardo, Bataguassu e Ribas do Rio Pardo. “Estamos pelo menos 15 dias adiantado no nosso cronograma, mas não podemos vacilar para não perder tempo, pois este é precioso para nós”, disse Adalton Garcia.
Entre os dias 17 e 18, a Executiva Estadual do PMN visitará as cidades de Rochedo, com o presidente local Carlos Matricardi, e a cidade de Terenos, com o presidente Adão e o vereador Silvio.

Relatório mensal do PMN

O relatório mensal do Partido da Mobilização Nacional, apresentado em reunião na manhã do último sábado (27/01), foi aprovado pela sua Executiva Estadual de Mato Grosso do Sul. A direção do Regional deverá encaminhá-lo ainda esta semana para a direção Nacional do partido, seguindo as normas determinadas pelo PMN durante a Convenção Nacional realizada em dezembro do ano passado.
Além da Direção Estadual, participaram da reunião o Diretor do Hospital Regional, Coronel Médico Walmir dos Santos, o vereador da cidade de Bonito, Roger Aroeira, representantes da cidade de Três Lagoas, o presidente da executiva de Corumbá, professor Dílson Fonseca, o presidente da executiva municipal de Campo Grande, Dr. Antonio Vieira, a presidente da Associação dos Estudantes de Mato Grosso do Sul, Rosângela Esteves, representantes da cidade de Ladário, representantes de Ribas do Rio Pardo, representantes da cidade de Amambaí, o médico Ilizandro Lopes R. Filho, e os representantes das nações indígenas, Eduardo Barbosa e o advogado Dr. Wilson Capistrano da Silva, índio da tribo Guatós..
Através de solicitação do senhor Eduardo, a direção estadual do PMN criou um setor específico dentro da agremiação para tratar exclusivamente dos assuntos relacionados ao processo da participação indígena na sociedade como um todo e a inserção do povo indígena com candidaturas nas próximas eleições, ficando como sede desse trabalho à sede da Executiva Municipal do PMN da Capital.

DECISÃO MUITO IMPORTANTE

Durante a reunião, o novo presidente da direção municipal de Bonito, Toninho Aroeira, declarou que o vereador Roger é pré-candidato a prefeito desta cidade, contanto com todo o apoio da executiva estadual do PMN. Apesar de ser o primeiro mandato do jovem vereador, ele conta com grande liderança dentro do município.
Outro lançamento à prefeitura que ficou confirmada é do jovem professor Adalton Garcia que deverá disputar as eleições de 2008 ao cargo de prefeito de Três Lagoas. O também vereador, Odair Bortoloti lançou está semana sua pré-candidatura na cidade de Caarapó. Ele possui três mandatos de vereador eleitos pelo PMN.
Na disputa pelas prefeituras, a capital do Estado não poderia ficar fora de cena. Segundo o presidente municipal, Dr. Antonio Vieira, a agremiação estará confirmando, na próxima semana, a filiação do ex-deputado federal Gand Jamil, que postula como pré-candidato a prefeito de Campo Grande. Jamil também já foi candidato a governador do estado e prefeito da capital.


POR QUE É IMPORTANTE

SUA CONTRIBUIÇÃO?

Com a sua contribuição o Partido da Mobilização Nacional pode realizar suas atividades e desenvolver ações políticas e sociais. O processo de distribuição dos recursos do Funda Partidário prejudica muito os partidos emergentes, e o total que é repassado ao PMN é insuficiente para o desenvolvimento político e partidário. Assim sendo, gostaria que você nosso filiado ou não filiado, entendesse as razoes pelas quais pedimos sua contribuição, seja ela de qualquer valor, para nosso partido ela é muito importante e fundamental.
Por isso você que esta passeando pelo nosso blog faça uma contribuição. Deposite ou faça uma transferência bancária, ou ainda, via Internet. Qualquer valor será muito bem recebido e você sempre poderá acompanhar nossas prestações de contas ao TRE – Tribunal Regional Eleitoral. A conta para a contribuição e doações é do

BANCO DO BRASIL

EXECUTIVA ESTADUAL DO PMN

agência 4350-8 conta corrente 33000-0.

Venham com o PMN, participe e faça sua doação!!!

PARTIDO DA MOBILIZAÇÃO NACIONAL.

DEPOSITE SUA CONTRIBUIÇÃO

e-mail : pmn_ms@hotmail.com


PMN PARA QUE?

Muita gente nos pergunta: “Por que mais um partido de cunho socialista no Brasil, se já existem vários?”
A razão é que, a nossa programática elenca pelo menos uma dezena de postulados que os outros partidos não defendem.
Só este fato já justifica a nossa existência.
Veja-se, por exemplo: O problema da dívida externa, nenhum partido se posiciona de maneira clara, aberta e coerente como o PMN – desde a sua fundação - se coloca.
Já em nossa primeira apresentação em programa eleitoral, na rede de rádio e televisão em 12.01.89, debatendo amplamente o assunto com a presença do economista SANTIAGO FERNANDES, que participou da delegação brasileira nas rodadas da Conferência de Bretton Woods, onde foi cozinhada a Nova Ordem Econômica Muncial, com a instituição do Fundo Monetário Internacional (FMI) e a aceitação do dólar como moeda internacional, demonstramos isto.
Aceitamos a tese daquele economista, exposta em seu livro “A Ilegitimidade da Dívida EXtena do Brasil e do III Mundo”, editado pela NÓRDICA, em 1985.
Em nossa opinião, mesmo que as dívidas externas existentes fossem legítimas, elas são, na verdade, impraticáveis, isto é, jamais poderão ser pagas.
Eis o que escreveu o especialista em América Latina, NORMAN GALL, em artigo intitulado “Games Bankers Play”, em 05.12.83: “O Brasil não pode pagar os juros de sua dívida de 90 bilhões de dólares. Por que então os banqueiros insistem em fingir que pode?
E outro comentarista abalizado, BENJAMIN WEINER escreveu, em THE WALL STREET JOURNAL (06.12.83: “A dívida externa mundial, de quase meio trilhão de dólares, nunca será paga: o dinheiro que as nações desafortunadas e mal administradas devem às instituições financeiras e aos governos ocidentais será transformado em papel sem valor, ou a dívida será perdoada ou simplesmente esquecida.”
Hoje, decorridos 18 anos, essas dívidas só fizeram crescer e essas nações ficaram muito mais pobres.
Mas os nossos economistas de plantão fingem ficar horrorizados e esbravejam: “Calote, não!”
O PMN acha que a impossibilidade do pagamento das dívidas externas faz parte de um jogo econômico em que os devedores fingem que podem pagar e os credores fingem que querem receber. Na verdade, aos banqueiros, o que interessa é o recebimento dos juros: uma vez pago o último dólar do montante da dívida, a galinha dos juros de ouro estará morta.
Feitas estas considerações preliminares, vejamos por que o PMN se apresenta diante do panorama partidário nacional com perfil nitidamente recortado e que difere dos demais.

POR OSCAR NORONHA FILHO (Discurso proferido pelo EXMO Presidente Nacional do PMN) em abertura da Convenção Nacional em 28.07.2001 (continuação do discurso no link Instituto JK).

REUNIÕES DA EXECUTIVA

ESTADUAL DO PMN

Amigos filiados do Partido da Mobilização Nacional – PMN 33, nós da direção estadual queremos que nossos filiados participem das nossas reuniões ordinárias e ou extraordinárias que estarão sendo realizadas todos os meses durante todo o ano de 2007.
Para tanto encaminhamos a baixo as datas das reuniões as quais contamos com a presença de todos os membros do diretório estadual, bem como a participação dos filiados em geral.
O endereço das reuniões sito:

Rua Engenheiro Roberto Mange, 256 – Sala 01 Bairro Amambaí – Campo Grande-MS – CEP 79005-420 – Fone de contato: 067 3026 3345 – mande e-mail sobre as atividades políticas que podemos estar realizando nos municípios: pmn_ms@hotmail.com

CALENCÁRIO DE REUNIÕES

JANEIRO DIA 27 SÁBADO
FEVEREIRO DIA 24 SÁBADO
MARÇO DIA 24 SÁBADO

No mês de abril é comemorado a semana de TIRADENTES o patrono do PMN (21/04)

ABRIL DIA 28 SÁBADO
MAIO DIA 26 SÁBADO
JUNHO DIA 30 SÁBADO
JULHO DIA 28 SÁBADO
AGOSTO DIA 25 SÁBADO
SETEMBRO DIA 22 SÁBADO

No mês de outubro é o último prazo para filiar quem quer ser candidato (01/10)

OUTUBRO DIA 27 SÁBADO
NOVEMBRO DIA 29 SÁBADO
DEZEMBRO DIA 15 SÁBADO

Qual dúvida pode entrar em contato que estaremos prontos para auxiliar na solução

Atenciosamente ADALTON GARCIA DE FREITAS Presidente da Executiva Estadual

29.12.06

O VERDADEIRO HOMEM!

“O HOMEM QUE VENCEU NA VIDA É AQUELE QUE VIVEU BEM
RIU MUITAS VEZES E AMOU MUITO;
QUE CONQUISTOU O RESPEITO DE HOMENS INTELIGENTES,
E O AMOR DAS CRIANÇAS;
QUE PREENCHEU UM LUGAR VAZIO E CUMPRIU UMA MISSÃO;
QUE DEIXOU O MUNDO MELHOR DO QUE O ENCONTROU,
SEJA COM UMA FLOR, OU COM UM POEMA PERFEITO;
OU AINDA SALVANDO UMA ALMA;
O VERDADEIRO HOMEM É AQUELE;
QUE PROCUROU O MELHOR NOS OUTROS
E DEU AOS OUTROS O MELHOR DE SI”,
AUTOR DESCONHECIDO...

Com essa mensagem, nós do Partido da Mobilização Nacional, queremos agradecer aos nossos amigos pessoais, que tanto tem contribuído para o nosso sucesso político, e neste momento cito o nome do professor DILSON FONCECA, pessoa de muito respeito e que tem protegido a agremiação política do PMN de Corumbá, bem como, do Estado. Outra lembrança que relato com muito carinho é da minha filiada do coração VERÔNICA FRANCISCA DOMINGUES, a qual nunca se opôs em caminhar comigo por toda parte do Estado de Mato Grosso do Sul, seu carro sempre foi o carro do PMN, seu caminhão sempre foi nosso palanque, suas netas nossas trabalhadoras mirim (Elisangela), seu marido nosso eterno companheiro (Basílio).
É baseado em pessoas como estas que citei, que posso dizer: O SONHO DE TERMOS UM PARTIDO FORTE, ESTA A CADA DIA MAIS FORTE, PORQUE NOS FORTALECEMOS NAS PESSOAS QUE NOS AMAM E QUE NOS SÃO FIÉIS. Hoje temos certeza de que nossos objetivos serão alcançados.
Para finalizar ainda desejo relatar o apoio que tenho recebido de minha família, que por vezes eu os abandono para viver política por um sonho, um sonho chamado Partido da Mobilização Nacional. Salve o PMN!!! Salve TIRADENTE nosso inconfidente eterno!! Salve suas idéias de LIBERDADE ETERNA!!! Salve o Brasil...... abaixo este presidente (surdo-mudo-cego).
Feliz ano novo, de presidente velho.............
Atenciosamente
Adalton Garcia de Freitas
Presidente Estadual Partido da Mobilização Nacional
Mais um ano se vai

Meus parentes PMNistas mais um ano está se findando e mais uma vez chegou o momento de fazermos uma reflexão de tudo aquilo que aconteceu no ano de 2.006, revermos os erros e os acertos.O ano de 2.006 foi marcado mais uma vez por eleições, e como nós do PMN participamos de cabeça erguida, não conseguimos eleger o nosso candidato, mas lutamos, lutamos até o fim. Mas em contrapartida fizemos parte de uma campanha vitoriosa do Candidato a Governador André Puccinelli (PMDB), aqui em Corumbá por seguirmos esse rumo fomos isolados, todas as portas se fecharam, mas com firme propósito marchamos, fizemos de tudo e acreditamos assim como uma formiguinha também ajudamos nessa eleição.Outro fato de extrema importância nas eleições de 2.006, foi de termos conhecidos cada um dos “nossos parentes” e percebidos em quem se pode e em quem não se pode confiar. Aqueles que podemos confiar seremos fiéis, já os outros, bem esses são os outros, tão insignificante que nem vale a pena lembrar.Nesse ano de 2.006, não poderíamos esquecer de um grande parente nosso que Deus chamou o nosso Diretor de Escola Antonio Heraldo Ramos, parceiro, por morar na zona rural quase não participava de nossos eventos, mas sempre disse estar pronto para ajudar. E assim foi a sua trajetória a sua vida, que Deus o abençoe. Outra pessoa inesquecível que jamais podemos esquecer é o nosso eterno tesoureiro Oscar Saldanha.Mas 2006 foi também um ano onde passamos a respeitar ainda mais a figura do nosso Presidente Adalton Garcia Freitas, sujeito honrado, honesto, trabalhador. Acima de tudo um parceiro um irmão e é a ele que dedicamos todas as nossas conquistas, pois só estamos ganhando espaço é pelo fato de termos alguém como Adalton conosco, pessoa que merece nosso respeito e acima de tudo nossa fidelidade. Dedicamos a você Adalton Garcia Freitas as nossas conquistas e que com certeza 2.007 serão maiores e melhores.Feliz 2007 a toda família PMN

Dílson Antonio Morais da Fonseca
Presidente do PMN-Corumbá (MS)

27.12.06

PMN VAI ASSUMIR HOSPITAL REGIONAL

O Governador Eleito, Dr. André Puccinelli, convidou o Coronel Médico WALMIR DOS SANTOS, ex-candidato a deputado federal, pelo Partido da Mobilização Nacional, para assumir a direção do Hospital Regional em Campo Grande.
Esta é a primeira vez que um integrante do PMN tem a real oportunidade de representar a agremiação em cargo de ponta do governo do Estado e de grande representatividade para o partido no Estado de Mato Grosso do Sul.
O convite foi feito por telefone, já que o Coronel Walmir encontra-se em viagem ao Rio de Janeiro. Os detalhes deverão ser acertados nos próximos dias, assim que estiver de retorno a capital do Estado.
Segundo o Coronel Walmir, que já dirigiu o Hospital Geral (HG) em Campo Grande, a primeira ação a fazer na direção do Hospital Regional é avaliar a atual situação da instituição para só depois iniciar as mudanças necessárias e que não tomará nenhuma atitude isolada, mas, será montada uma equipe para administrar a nova gestão hospitalar.


Passagem Rápida pelas páginas da Vida do Dr. Walmir


- Nascido em Amambai, no Barigui.
- Soldado e cabo - 11º. RC - Ponta Porã /MS - 1960 a 1961
- Sargento ESA- Três Corações - MG/EsCOM-RJ - 1964
- Médico Formado pela Universidade Federal do Rio de Janeiro - 1973
- Médico da Prefeitura Municipal de Campo Grande-MS - 1975 a 1976
- 1º. Ten. Médico - Dir. Hospital Bonfim /RR - 1976 a 1977
- Capitão - Chefe da Seção e Saúde do Colégio Militar do RJ – 1978 a 1983
- Especialização em Organização e Administração Hospitalar - UERJ-RJ - 1982
- Major - Chefe da Clínica de Pediatria e Policlínica Militar do Rio de Janeiro-RJ - 1983 a 1988
- Assistente do diretor do Hospital Central do Exército do Rio de Janeiro - 1989 a 1994
- Coronel Médico - Diretor do Hospital Geral de Campo Grande MS - 1994 a 1998
- Título de Cidadão Campo-Grandense - 1998
- Curso de Política, Estratégia e Alta Administração do Exército ECEME-RJ - 1999
(preparação para o generalato)
- Assistente do Diretor de Saúde do Exército- DF - 2000 a 2001
- Superintendente da GEAP-DF em 2001
- Secretário Municipal de Saúde - Terenos-MS 2006
- Título de Cidadão Terenense – 2006

REALIZAÇÕES

Trabalho Humano e de qualidade
Durante 1 ano e 3 meses em que foi secretario de saúde de Terenos, o Dr. Walmir manteve uma rotina de trabalho que o tornou admirado e respeitado por todos.
Chegava cedo todos os dias. Cumprimentava os que aguardavam atendimento e encaminhava ele mesmo os casos mais urgentes. Garantia atenção médica rápida para os pacientes da zona rural, por entender que a demora aumentava o sofrimento deles.
Era comum ele mesmo ligar para os hospitais em Campo Grande para garantir atendimento a pacientes terenenses, quando a internação era necessária.
A porta de sua sala estava sempre aberta. Recebia todos com carinho e consideração. O comportamento humano e gentil do Dr. Walmir é uma marca registrada nos seus mais de 30 anos como médico, dos quais 4 anos como diretor do Hospital Geral de Campo Grande, onde promoveu uma verdadeira revolução administrativa, sendo que a mais importante delas foi justamente na maneira de atender os pacientes.

Revolução administrativa

Quando assumiu a direção o Hospital Geral de Campo Grande, o maior e mais importante das Forças Armadas em todo o Oeste do País, o Coronel Walmir reformou todo o hospital; construiu e equipou o setor de fisioterapia, com piscina para exercícios; construiu e equipou uma clinica de ortodontia e odonto-pediatria; construiu uma maternidade com sala de parto, uma clinica cirúrgica, um salão de conferência, para abrigar dezenas de cursos nacionais na área de saúde, além de infra-estrutura física para o pessoal técnico e militar e também o arquivo de documentação.

Paciente não tem patente

A grande revolução do Dr Walmir foi na maneira como ele e toda sua equipe passaram a tratar os doentes. Primeiro, ele acabou com a enfermaria e no lugar construiu apartamentos. O objetivo foi personalizar o atendimento aos pacientes, fossem eles generais ou simples soldados, garantindo a presença de acompanhantes e uma recuperação mais rápida de todos. O Dr. Walmir é da opinião de que a doença e a dor não têm hierarquia, machuca a todos, indistintamente.
Durante os anos em que dirigiu o HG, o Dr. Walmir tinha uma rotina: visitava todos os pacientes diariamente para saber do estado de cada um deles. E ao ver a ficha médica deles, podia avaliar também o trabalho dos seus médicos.
Os pacientes militares que vinham de outras cidades e outros estados, eram convidados a visitá-lo em sua sala. Recebia a todos com atenção e consideração. E antes de voltarem para suas bases, passavam de volta na sala do Dr. Walmir “para um cafezinho de despedida”. Era a maneira carinhosa e gentil dele pesquisar a qualidade do atendimento e dos serviços do hospital que dirigia. Resultado: em vez de ficar apenas 2 anos na direção do hospital, o comando do Exército pediu que o Dr. Walmir ficasse 4 anos.